Eliana fala sobre ataque a Ana Hickmann em abertura do seu programa


A apresentadora Eliana abriu o seu programa deste domingo (22) declarando apoio e solidariedade a Ana Hickmann por conta do atentado que a apresentadora da Record sofreu no último sábado, 21 de maio.
A apresentadora do SBT acredita que só Deus poderia explicar como funciona a mente humana. “Só Deus mesmo para entender a mente humana. Como explicar essa linha que divide o amor, o ódio, a admiração e a loucura? A mesma mente humana, que é a capaz de nos surpreender e nos emocionar, é também capaz de nos chocar com tamanha frieza e perversidade. Não devemos julgar, mas, com certeza, é difícil de compreendermos esses atos”, disse Eliana, emocionada. “É importante ressaltar neste momento que quem é fã de verdade não mata” “Só posso desejar à família da Ana paz e que o amor sempre vença e nos proteja da ira e da maldade alheia”, finalizou.
Eliana e Ana são colegas de profissão e tem um bom relacionamento desde a transferência de Eliana da Record para o SBT. Na ocasião, Ana Hickmann foi a substituta de Eliana no comando do “Tudo É Possível“, em 2009.
A apresentadora Ana Hickmann, da Record, sofreu uma tentativa de homicídio na tarde do último sábado (21), em um hotel de Belo Horizonte, em Minas Gerais. Um homem chamado Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, invadiu o quarto onde ela estava hospedada e tinha intenção de atirar na apresentadora, segundo informações da Polícia Militar. Ele se dizia fã de Ana Hickmann.
De acordo com o Boletim de Ocorrência, o suspeito estava no corredor do 9º andar do hotel, abordou o cunhado de Ana Hickmann, Gustavo, e o levou até o quarto. O suposto fã fez a apresentadora, o cunhado e sua mulher, assessora de Ana de reféns e obrigou os três a se sentarem de costas para ele, informou o programa “Brasil Urgente”, da Band.
Em seguida, o indivíduo começou a destratar a vítima com palavras pejorativas e de baixo calão. O cunhado, Gustavo, levantou-se e foi em direção ao criminoso, Rodrigo, que efetuou dois disparos em direção da vítima, Ana Hickmann, informou o Boletim de Ocorrência. Um dos tirou atingiu Giovana Oliveira, assessora de Ana e mulher de Gustavo.
Segundo o boletim, “as vítimas saíram correndo do apartamento, e Gustavo entrou em luta corporal, conseguindo desarmar o agressor”. Gustavo, para se defender atirou em Rodrigo, que morreu no local.
Com informações do Bastidores da TV
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.