Com programa independente, Gugu Liberato negocia volta ao SBT e a Record


Afastado da TV desde junho do ano passado, Gugu Liberato poderá voltar ao ar justamente na Record, emissora com a qual rompeu contrato que iria até 2017.

Gugu está propondo às emissoras um novo modelo de negócio. Ele seria o apresentador e produtor de programas curtos, de temporadas que duram até quatro meses por ano (como Ídolos, Big Brother Brasil). O programa seria realizado na GGP, produtora que Gugu está reativando, em Alphaville, na Grande São Paulo.
"Estou consultando as emissoras para saber se o formato por 'temporada' seria aceito. Seria, sim, uma forma de voltar à TV através da produtora, pois assim é feito em muitos países da Europa e também nos Estados Unidos", confirmou o apresentador ao Notícias da TV.

A ideia é apresentar o projeto a todas as redes abertas, mas, por enquanto, apenas a Record foi sondada. Homero Salles, ex-diretor do Programa do Gugu, que continua contratado da Record, levou a ideia à cúpula da emissora na semana passada. O SBT também tem interesse em ouvir a proposta.

A parceria pode ser feita com formato já adquirido pela emissora ou com algum formato que venha a ser comprado pela GGP.
Gugu está entusiasmado com a ideia por várias razões. Primeiro, porque seria uma forma de voltar à TV sem assumir um compromisso que consumiria todo o seu tempo. Segundo, porque reativaria a GGP, que já produziu programas como Escolinha do Gugu e SBT Rural. Terceiro, porque, com temporadas curtas, teria mais tempo para se dedicar a outros projetos e a viagens.

Notícias da TV.
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.