'Até minha namorada diz que pareço o Justin Bieber', diz Emílio Eric, o Beto de Chiquititas

 
Com 21 anos, Emilio Eric desponta para a teledramaturgia nacional em Chiquititas, no SBT, com o personagem Beto. Ele, que é filho de Emilio Surita, âncora do Pânico na Band, começou na TV, porém, mais cedo: esteve na apresentação da TV Globinho, na Rede Globo, até 2011. O jovem ator e apresentador concedeu entrevista ao site Ego, do Portal Globo.com e falou sobre comparações na aparência com Justin Bieber e sobre como foi para ele, que era um fã da novela Chiquititas quando criança, virar um ator do remake da mesma anos depois. Veja na íntegra:

Você assistia à primeira versão de 'Chiquititas'?
Na época eu tinha 7, 8 anos e não perdia um capítulo. Eu, minha mãe e meu irmão mais novo éramos viciados, não podíamos perder. Um dia faltou luz e ela nos levou para ver na casa de uma amiga dela. Nem imaginava um dia estar no elenco.  Fiz um cadastro como ator no SBT em outubro do ano passado, passei por duas baterias de testes em dezembro e ganhei o papel do Beto.

O assédio aumentou?
Muito, muito! Não estou mais conseguindo sair na rua, crianças e adolescentes ficam gritando. Estou lidando da melhor forma, tento tirar foto, falar do meu trabalho, fazer o máximo para as pessoas saírem felizes. Mas está muito gostoso, não tenho do que reclamar.

Já foi fã de alguém a esse ponto?
Não, sou muito fã do Al Pacino e fui ver a peça dele na Broadway, 'Glengarry Glen Ross'. Consegui tirar foto com ele, mas não passei dos limites. Foi muito bacana conhece-lo e ver que não é uma lenda.

Está namorando?
Sim, com a Monique Miotto, ela tem 26 anos e é uma ótima atriz, me ajuda muito, dá conselhos bacanas. Vai fazer um ano que estamos juntos. Acho que as fãs têm mais ciúme dela que o contrário, e também não se importa com meu par romântico na novela (a atriz Letícia Navas, com quem ele também dividia a apresentação do 'TV Globinho'), as duas se tornaram amigas depois que se conheceram. Este é o meu terceiro namoro, sempre com atrizes.

Como começou sua carreira?
Eu produzia conteúdo para internet, fazia um programa sobre futebol com um amigo há uns 4 anos, quando o Eduardo Xocante, ex-diretor da TV Globinho, me encontrou. Foi meu primeiro trabalho natelevisão e não parei mais.

Ter pai apresentador ajuda?
Ele me dá conselhos profissionais, com quem trabalhar, como se envolver com as pessoas profissionalmente. Eu sempre ia na rádio (Jovem Pan, na qual o programa "Pânico" vai ao ar diariamente), o cheiro de estúdio é muito comum para mim desde criança. Toda terça-feira, eles fazem uma reunião lá em casa. Quando eu tinha 10, 11 anos, ia na plateia do programa, hoje ainda tento assistir pela TV.

Pensou em seguir outra carreira?
“Sempre fui muito apaixonado por futebol, mas acho que toda criança quer ser jogador. Hoje em dia troquei pela música. Não acho que tenho uma voz boa para cantar, mas gosto de tocar violão e guitarra. Fiz até o terceiro semestre de Jornalismo, meio que desisti pela carreira de ator ter tomado outra proporção.

Chegou a sofrer bullying na escola?
Não lembro nem se existia esse termo, é uma palavra moderna. Mas não, era amigo de todo mundo, me dava bem com todos, não tenho lembrança de nada parecido.

Sua voz faz sucesso com as meninas?
As fãs adoram, dizem: 'Nossa, que voz! (risos)'. É algo que chama a atenção, porque talvez não condiga com a minha imagem. Mas é bom, tem uma potência bacana. Já trabalhei em rádio por conta dela.

Você é vaidoso?
Um pouco, sempre seleciono bem o que visto, mas não sou metrossexual nem nada. Acho que todo mundo tem um pouco de vaidade, mas nada excessivo.

Ainda recebe comparações com Justin Bieber?
Sim, até hoje as pessoas acham parecido. Até minha namorada diz que pareço o Justin Bieber. Já o entrevistei quando estava na Globo e sempre rolou essa comparação. Quando eu tinha franja era muito mais insuportável, todo mundo falava na rua. Adorava aquele meu cabelão, não me via sem ele, mas achei que estava ficando velho para usá-lo e passei a tesoura. Agora estou com esse estilinho. Fica a critério de vocês acharem se sou parecido ou não (risos).

SBTpédia
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.