Colunista diz que Festival Sertanejo cobra 10% de shows de artistas durante 5 anos


Os artistas que estão participando do reality show Festival Sertanejo, do SBT, tiveram que assinar um contrato em que concordam em ceder 10% dos valores que vierem a arrecadar com shows nos próximos cinco anos.

A exigência revoltou participantes do programa. Uma dupla sertaneja de Campo Grande (MS) se recusou a assinar o contrato e ficou de fora do reality, no ar há duas semanas.

Fontes do SBT confirmam a cláusula dos 10%, mas isentam a emissora. Dizem que quem cobra a comissão são o diretor musical Rommel Marques e a produtora RMarchetti, criadores do projeto.

O blog apurou que o SBT exigiu da RMarchetti, sua sócia no reality show, a mudança de cláusulas contratuais. Essas cláusulas, eliminadas, previam a participação da emissora nos futuros lucros dos artistas com shows.

Procurado, o SBT enviou ao blog a seguinte nota, na qual confirma a cobrança de comissão sobre shows pela RMarchetti:

"Esclarecemos que, em relação ao contrato dos candidatos, a emissora somente adquiriu os direitos de exibição do programa, sem nenhuma exploração comercial. (...) Qualquer tipo de participação comercial fica por parte da produtora RMarchetti, criadora do formato".

Também procurado pelo blog, Rommel Marques se recusou a dar detalhes sobre os acordos com os participantes do Festival Sertanejo, alegando a existência de cláusula de sigilo nos contratos. Mas admitiu que os documentos prevêem "obrigações durante e após o festival".

Fonte: Daniel Castro (R7)
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.