Atores de Chiquititas comentam situação da personagem Pata e entrada dos meninos no orfanato


A grande crise de Pata (Julia Oliver), nesta fase de Chiquititas (SBT/Alterosa), será aceitar a ideia de ter de viver longe do irmão, Mosca (Gabriel Santana). Por isso, Sofia (Liza Vieira) tentará fazer com que ele e seus amigos sejam abrigados no orfanato. Convencer o dr. José Ricardo (Roberto Frota), porém, não será tarefa fácil – embora isso aconteça mais rapidamente agora do que na primeira versão da trama.

“Aos poucos, todos vão conseguindo comover o dono do orfanato a levar, sim, os meninos para morar com Pata”, afirma o diretor da trama, Reynaldo Boury. Ele adianta que os meninos entrarão no abrigo já no 12º capítulo, nesta terça-feira. “Na primeira versão, foi só no capítulo 80. Eles ficarão em quartos separados e em lados opostos da casa, vivenciando o conflito de morarem juntos.”

AMEAÇA Pata está presa por um crime que não cometeu, mas terá a chance de melhorar de vida ao ser levada ao orfanato Raio de Luz. O problema é que ela não se adaptará tão fácil às regras locais e nem à ausência do irmão. Para piorar a situação, seu relacionamento com as meninas do abrigo não será amigável, e ela correrá o risco de ser mandada a um reformatório – já que sua única chance de evitar isso seria se comportar bem no novo lar.

“Pata chegou arredia ao orfanato, e Sofia até tenta apaziguar o estresse entre ela e as meninas”, conta Liza Vieira, intérprete da diretora do orfanato. “Mas o agravante é que, por vir da rua, ela terá um comportamento muito diferente do das outras”, afirma.

Cansadas de terem de lidar com a rebeldia de Pata – que vive emburrada e se negando a adotar a rotina de todos –, as meninas logo começam a aprontar com ela. A encrenqueira Bia (Raissa Chaddad) foi a primeira, jogando um balde de tinta sobre a rival. Inconformada, Pata saiu manchando o orfanato com a mistura. A confusão fez Sofia ameaçar entregá-la ao reformatório. “Pata, então, se assustou com a ideia, e as garotas pedem à diretora que lhe dê uma segunda chance”, conta Liza Vieira.

Fonte: Jornal Estado de Minas
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.