Jornalismo: Depois de ter carro incendiado em Manifestação, TV Record retira jornalistas das ruas de São Paulo

Um veículo de transmissão da Record foi queimado e depredado por manifestantes que participavam de mais uma noite de protestos na noite desta terça-feira (18) na cidade de São Paulo.
Diante do ocorrido, o clima de medo e insegurança teria se instalado no departamento de jornalismo da emissora. Os jornalistas do canal estariam com medo dos atentados. Desta maneira,  para que seus jornalistas não sofram nenhum tipo de risco, a emissora mandou tirar todos eles das ruas. Grande parte deles foram dispensados do trabalho.

A Record enviou um comunicado oficial para imprensa comentando o ocorrido:
A Rede Record vem a público informar que todos os profissionais que trabalhavam na transmissão ao vivo das manifestações em São Paulo escaparam ilesos do incêndio no caminhão usado para a captação de imagens.
veiculo-da-tv-record-e-incendiado-por-manifestantes-durante-protesto-nas-imediacoes-da-sede-da-prefeitura-de-sao-paulo-1371599215102_1920x1080O protesto na porta da Prefeitura que teve momentos de tensão com a tentativa de invasão do prédio já estava esvaziado. A grande maioria dos manifestantes já tinha deixado o local em passeata. Por isso, a Record tem a certeza de que foi atacada por uma minoria de vândalos.
Antes que o carro saísse, um grupo atacou o veículo com pedras e depois colocou fogo nos equipamentos. A Record reafirma o seu compromisso de transmitir com fidelidade o protesto pacífico de milhares de pessoas nas ruas brasileiras e lamenta apenas que pequenos grupos tentem impor as suas ideias pela violência”.
TV Foco
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.