Antes de estrear Carrossel, Larissa Manoela recusou papel na novela Avenida Brasil - SBT World

ULTIMAS

28 de mai de 2013

Antes de estrear Carrossel, Larissa Manoela recusou papel na novela Avenida Brasil


Atriz, cantora, dubladora, aspirante a estilista e a escritora, a atriz mirim Larissa Manoela, 12, já tem um currículo extenso no mundo artístico. No ar como a Maria Joaquina de "Carrossel", a jovem torce para que a novela infantil do SBT, que termina no dia 12 de julho, tenha um recorde de audiência no último capítulo. O folhetim tem marcado uma média de 12 pontos e é responsável por deixar a emissora de Silvio Santos na vice-liderança isolada no horário.

"A audiência é sempre fundamental. Nem o Silvio [Santos] esperava o sucesso de 'Carrossel' e, até o último dia, imagino que a gente vai conseguir ultrapassar o 'Jornal Nacional' [da Globo]. Conseguiremos ficar em primeiro lugar", sonhou alto durante entrevista ao UOL.

Antes de estrear no SBT, Larissa foi convidada para participar do folhetim "Avenida Brasil" e, na época, preferiu não ir para Globo porque já tinha assinado contrato com a emissora paulista. "Não faltará oportunidade para eu ir para Globo. Por enquanto estou muito bem no SBT. O Silvio [Santos] sabe que eu vou para Globo, ele mesmo já disse isso, apesar de não querer me perder. Ainda terei oportunidade de fazer uma novela na emissora", acredita.

A pequena atriz conversou com a reportagem do UOL quando estava a caminho de Taubaté, no interior de São Paulo, em uma semana cheia de compromissos. Já tinha feito a locução do desenho animado de "Carrossel", participaria de um evento promocional e iria para Festa do Pinhão em Santa Catarina. Demonstrando maturidade, por 40 minutos, falou sobre sua carreira e planos, acompanhada pelos pais, a pedagoga Silvana e o tecnólogo Gilberto Taques Elias Santos.

Em 2008, a família se mudou do Paraná para São Paulo e deixou para trás uma "vida pacata". Silvana e Gilberto trocaram seus empregos pela administração da carreira da filha, que, como a própria mãe admite, é altamente rentável. "A Larissa se tornou uma empresa para nós, um produto, claro que muito valioso, é nossa filha. Como não temos empresário, tudo passa pelas nossas mãos", contou Silvana, que sempre consulta a menina antes de fechar algum contrato.

Larissa costuma fazer dois shows por fim de semana, para público de até 5 mil pessoas. O próximo será dia 8 de junho em Belém do Pará. Arrecada 30 mil reais por apresentação, fora a participação na bilheteria. Para participar de eventos, cobra até 15 mil reais de cachê. Isso sem falar no salário do SBT e o valor que recebe de publicidade e de uma linha de calçados infantis com seu nome.

Reprodução/Facebook
(Pais da atriz)

O apoio dos pais em sua trajetória é motivo de orgulho para a atriz. "Hora de brincar é hora de brincar, hora de trabalhar tem que ter profissionalismo. É importante ter a preparação dos pais", comentou durante o bate-papo.

Do valor que arrecada, recebe uma mesada que varia de R$ 350 a 500 por mês e se define com uma pessoa "muito econômica". Usa o dinheiro principalmente em roupas e acessórios. "Tenho vários estilos. Gosto de montar meus looks, às vezes mais rock, mais romântica, mais fashion e alguns dias mais básica... Sempre fico de olho no que está na moda. Tem muita gente que se espelha em mim, assim como me espelho nos nossos ídolos. O importante é sempre estar na moda", concluiu a atriz, conhecida por ser vaidosa.


Futuro

Com o auxílio de uma assessoria, Silvana e Gilberto administram os bens da filha e guardam o dinheiro em uma poupança. Querem investir em uma casa para família em Alphaville, bairro nobre da Grande São Paulo, e realizarão o sonho da filha de conhecer os EUA. Em junho, embarcam para Miami e Orlando.

Larissa se despediu das gravações de "Carrossel" em março e agora estuda propostas para filmar na Itália e estrear uma peça. Também está focada em sua carreira solo e no lançamento de seu primeiro CD em agosto, produzido por Arnaldo Saccomani. Com contrato assinado com o SBT até 2014, a atriz, por enquanto, não irá participar do remake "Chiquititas", pois, segundo a artista "a emissora tem outros planos para ela". "O Silvio [Santos] já disse que gostaria que eu fosse apresentadora, mas não sei quais serão os projetos", despistou Larissa.

"Enquanto der quero fazer tudo, continuar na área artística. Pretendo estudar artes cênicas, música. Gosto de televisão, cinema, musical e de fazer shows", afirmou Larissa Manoela, que recentemente foi indicada a duas premiações da TV como atriz revelação e gosta de escrever poesias nas horas vagas.


"Selena Gomez brasileira"

Com 174 mil seguidores no Twitter, Larissa Manoela sabe o que é ser fã e também ter seus ídolos. A mãe da jovem conta que apesar da rotina agitada, a filha está adorando ser a "Selena Gomez brasileira". "Assisto às apresentações para me inspirar e criar coisas novas nos meus shows. A Selena atua, canta e é apresentadora, me identifico", conta a atriz.

Fã dos popstars Demi Lovato, Miley Cyrus, Justin Bieber, Larissa Manoela sonha em conhecê-los. "Gostaria de fazer um musical na Broadway, conhecer a Disney, o Justin Bieber, a Selena Gomez, morar fora do país e fazer filmes estrangeiros", enumera.

Silvana conta que ela e sua família não deslumbram os holofotes da fama e trabalha psicologicamente e emocionalmente valores morais com a filha para que ela não sofra com a instabilidade do mundo artístico. "Ela está preparada para tudo. Apesar de ter apenas 12 anos é muito cabeça".

"A fama é uma consequência. Tem altos e baixos, por isso não podemos esquecer as nossas origens. Estou preparada, meus pais me orientam nesse sentido. Tenho noção", diz a atriz sobre estar preparada para um possível fim de sua carreira artística.

Com admiradores bem heterogêneos, Silvana acredita que Larissa Manoela tem uma "responsabilidade social muito grande" e brinca com o marido dizendo que um dia eles irão publicar uma biografia relatando todos os momentos marcantes da filha com os fãs. "É impressionante o assédio das crianças, elas gritam, desmaiam, até os pais ficam emocionados. É muito legal saber que ela tem fãs de 17 anos, idosos", conta a pedagoga.

"Eu sou uma criança normal, a única diferença é que sou reconhecida. Mas converso nas aulas, recebo broncas, brinco... Não sou diferente de ninguém. Às vezes não é tão legal ficar tirando foto toda hora, mas é gratificante o reconhecimento do meu trabalho. Não sinto falta de nada. O trabalho para mim é uma diversão", afirma Larissa sobre o assédio.

Além dos valores, Silvana conta que em sua casa não tem moleza: "Em casa ela seca a louça, arruma a cama... e sempre digo que ela tem que ter muito orgulho do trabalho dela, mas nunca ser orgulhosa".

Fonte: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial