Christina Rocha revela por que perdeu as estribeiras com mulher na TV


Christina Rocha surpreendeu os telespectadores do Quem Convence Ganha Mais, do SBT, na última semana, ao se exaltar e expulsar da atração uma mãe que fazia a filha de empregada em prol do atual companheiro. Em entrevista a O Fuxico, a apresentadora explicou que não ficou exaltada porque a convidada disse que o programa e o SBT era “uma baixaria”. O real motivo, segundo ela, foi por não aguentar ouvir a mãe dizer que mataria os filhos por causa do marido:

“Fiquei de fato muito irritada aquele dia e o público sabe que eu sou uma apresentadora verdadeira. O vídeo do Youtube não mostra toda a conversa, mas fiquei revoltada, a partir do momento em que mãe disse que, se pudesse, mataria os filhos para defender o homem dela. É claro que defendo a minha empresa, mas não fiquei brava por conta do SBT. O mote não foi esse. Eu me exaltei, sim, mas por ela dizer que mataria os filhos por causa do homem. Sou mulher, mãe, e viro uma leoa quando o assunto é filho”.

A apresentadora afirma que não se arrepende do momento, mas reconhece que poderia ter utilizado outras palavras. Cristina diz que chegou a assistir ao vídeo e a repercussão na internet e que conta com o apoio dos telespectadores.

“A mãe fazia a filha de empregada, enquanto ela o marido ficavam no bem e bom. Tentei ser simpática no programa, pois todos sabem que trato bem todo mundo, mas foi impossível porque a mulher era baixa e mal educada. Quem acompanhou o programa inteiro e viu o que ela falou, entendeu a minha reação. Como ela poderia falar aquilo? Não poderia fingir que nada estava acontecendo no palco e permitir esse desrespeito pela garota, que era um doce. Se pudesse voltar, talvez falaria de outra forma, mas não me arrependo”.

Apesar da surpresa, essa não foi a primeira vez que Cristina pede para um convidado se retirar do seu programa. Durante o Casos de Família, em 2011, a apresentadora também expulsou um marido, que admitiu que cometia violência doméstica contra a esposa.

“Bater na mulher eu também tenho horror, abomino”, declarou. “O nosso programa não tem a função de solucionar o problema, mas serve de alerta e exemplo para quem está em casa assistindo. O telespectador que está vendo tem que estar consciente de que não é normal um homem bater na esposa e que não é normal uma mãe dizer que tem vontade de matar um filho. Fiquei exaltada, mas sou mãe, sou humana”.

Christina volta com o Casos de Família no dia 1° de abril, que entra no lugar do Quem Convence Ganha Mais.
 
Fonte: OFuxico
Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário

Cuidado com o que você comenta,seus argumentos pode prejudicar nossa equipe e você próprio.